NO AR
Salvador FM
Bahia
Compartilhar

Matrícula na rede estadual segue nesta quarta-feira (26) para concluintes do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental

Por Redação Salvador FM no dia 26 de jan - 08h30 | Foto: Josenildo Almeida - Ascom/SEC

Matrícula na rede estadual segue nesta quarta-feira (26) para concluintes do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental

O processo de matrícula na rede estadual de ensino para o ano letivo de 2022 segue, nesta quarta e quinta-feira (26 e 27), para os concluintes do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental oriundos apenas da rede municipal de ensino. A matrícula poderá ser realizada pelo próprio estudante, caso seja maior de 16 anos de idade, ou pelo responsável legal, preferencialmente via internet ou em qualquer unidade escolar da rede estadual.

Via internet, a matrícula deve ser realizada a partir do acesso pelo Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br) ou diretamente pelo endereço http://matricula.sigeduc.educacao.ba.gov.br/. Presencialmente, o processo pode ser efetuado em qualquer unidade escolar da rede estadual. O sistema fica disponível até 1º de fevereiro e os estudantes, pais e/ou responsáveis devem ficar atentos ao cronograma de matrícula, que indica os dias específicos para cada público (baixe aqui: https://bit.ly/3IjOZTK).

Nesta terça-feira (25), o processo de matrícula foi direcionado para os estudantes que desejaram se transferir para outra unidade escolar da própria rede. O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, acompanhou as matrículas em quatro escolas de Salvador e falou sobre a importância do procedimento. “A gente está cuidando para que as pessoas tenham um atendimento tranquilo, respeitando os protocolos de saúde na escola e disponibilizando a matrícula on-line. O Estado garante vaga para todos que procurarem as nossas escola, e queremos os estudantes presentes no início do ano letivo no dia 7 de fevereiro".

Dona Edneuza do Carmo esteve no Colégio Estadual Sátiro Dias, no bairro da Pituba, em Salvador, e já fez a transferência da sua filha Márjorie Evelin do Carmo, 15, que cursará o 2º ano no Colégio Estadual Manoel Devoto, no Rio Vermelho. “Transferi a minha filha para outro colégio próximo de casa, pois neste não oferta a série que ela vai fazer. Achei o atendimento ótimo”, afirmou a mãe, que é ex-aluna do Sátiro Dias. 

No bairro do Cabula, Simone da Silva, mãe de Thiago Libânio, 16, solicitou a transferência do seu filho no Colégio Estadual Francisco de Menezes para o Colégio Estadual Governador Roberto Santos, onde cursará o 1º ano do Ensino Médio. “Achei o atendimento rápido e estou satisfeita. Agora só falta levar os documentos dele no outro colégio que fica aqui do lado”, comentou.

No Colégio Estadual Governador Roberto Santos, dona Antônia Silva foi cedo fazer a transferência da filha Maria Aparecida Melo, 16, que estudava no Colégio Estadual Francisco de Menezes. “Fui no outro colégio ao lado para fazer a transferência e já trouxe os documentos para concluir a matrícula. Estou tranquila, pois deu tudo certo”, disse. 

Cronograma - No dia 28 janeiro, a matrícula será destinada para o ingresso do candidato em unidade escolar da rede estadual em qualquer ano ou série do Ensino Fundamental, sem distinção da rede de ensino de origem. Já no período de 31 de janeiro e 1º de fevereiro poderá ser efetuada a matrícula do estudante que deseja ingressar em uma unidade escolar da rede estadual em qualquer ano ou série do Ensino Médio. Nestes três dias, a matrícula também poderá ser feita através da internet ou em qualquer unidade escolar da rede estadual.

Documentos - A confirmação da matrícula acontecerá mediante a entrega da documentação exigida que, em caso de pendência, poderá ser apresentada obrigatoriamente na secretaria escolar posteriormente. São estes os documentos: via original e cópia legível do Cadastro de Pessoal Física (CPF); via original e cópia da carteira de vacinação devidamente atualizada; via original do histórico escolar; via original e cópia legível da carteira de identidade (RG) ou Certidão de Registro Civil; via original e cópia legível do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU, cartão de crédito ou TV por assinatura); cópia legível do RG da própria mãe do estudante e ou do responsável legal; e cópia legível do CPF da própria mãe do estudante e ou do responsável legal.

Relacionadas