NO AR
Salvador FM
Salvador
Compartilhar

Prefeitura realiza mais 1,8 mil vistorias em estabelecimentos para garantir cumprimento de protocolos

Por Redação Salvador FM no dia 24 de jan - 15h21 | Foto: Jefferson Peixoto/Secom e Ascom/SMS

Prefeitura realiza mais 1,8 mil vistorias em estabelecimentos para garantir cumprimento de protocolos

A Prefeitura de Salvador prossegue com as ações de fiscalização na cidade, com o intuito de verificar o cumprimento dos protocolos de enfrentamento à Covid-19 em eventos e estabelecimentos como bares, restaurantes e escolas. No último fim de semana (dias 21 a 23), a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur), com apoio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar (PM-BA), realizou cerca de 1,8 mil vistorias em 60 bairros da capital.

Durante as fiscalizações, 20 estabelecimentos foram notificados por descumprimentos das normas. Além disso, um restaurante no bairro do Saboeiro e um casa de eventos em São Cristóvão foram interditados por não possuírem alvará de funcionamento.

Operação Sílere

Com o objetivo de combater a poluição sonora, a Sedur, em uma ação integrada com a PM-BA e a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), também realizou a Operação Sílere, durante este final de semana. Foram registradas 530 denúncias e realizadas cerca de 350 vistorias em 135 localidades.

Durante as fiscalizações foram apreendidos 39 equipamentos sonoros, nos bairros de Itapuã, São Cristóvão, Boca do Rio, Cabula VI, Boa Viagem/Mont Serrat, Saboeiro, Cajazeiras, Trobogy, Sete de Abril, Pituaçu, Sussuarana Nova e Luiz Anselmo.

Guarda Municipal

A Guarda Civil Municipal (GCM) atuou neste fim de semana em diversas ações de fiscalização. Em apoio à Transalvador, os agentes atuaram na Operação Lei Seca, com objetivo de coibir motoristas que desrespeitam a lei e dirigem sob efeito de álcool. Com a Semop, os guardas participaram da Operação Tolerância Zero, com objetivo de manter o ordenamento e a segurança dos espaços públicos.

Já a Liga do Atlântico aconteceu na Barra e teve apoio da PM-BA, Sedur e GCM, fiscalizando os estabelecimentos comerciais. Ao todo foram empregados 100 agentes, que também fizeram patrulhamento preventivo em praças e parques municipais.

Vigilância Sanitária

Já a Vigilância Sanitária de Salvador (Visa) atuou na fiscalização de estabelecimentos soteropolitanos para garantir as conformidades sanitárias. A operação resultou em nove notificações e um auto de infração. Restaurantes, escolas, ambulâncias, postos de testagem e eventos com serviço de alimentação foram fiscalizados, com o objetivo de diminuir os riscos de contaminação dos consumidores e fazer com que os decretos sanitários sejam cumpridos.

Relacionadas